Olhar a Saúde ‘Out of the Box’, foi o foco deste Congresso direcionado a profissionais e decisores do setor da Saúde, e que teve por tema ‘A saúde está onde o paciente estiver’.

A prestação de cuidados de saúde ‘fora do ambiente hospitalar’ com suporte em tecnologias IoT e de virtualização na cloud é hoje uma realidade cada vez mais presente. Estas tecnologias estão a transformar a forma como são prestados os serviços de saúde, ao possibilitar conectar milhares de dispositivos que medem parâmetros vitais, e disponibilizar o acesso a essa informação, numa plataforma online, possibilitando aos técnicos de saúde conhecerem, onde quer que estejam, os dados do seu paciente, em tempo real. Em foco estiveram diversos temas, tais como: Interoperabilidade na saúde; Utilização inteligente da tecnologia para cuidar do paciente onde ele estiver; Evolução na prestação de cuidados de saúde fora do ambiente hospitalar.

João Rosa de Carvalho, responsável da Direção de Business Solutions-BPO participou na mesa redonda com o tema ‘Usar a tecnologia para “cuidar”: o que pode a tecnologia oferecer ao doente que ele realmente precisa?’ e apresentou o potencial da tecnologia e de serviços associados que é hoje disponibilizada pela PT Empresas, e a sua ampla utilização no contexto da saúde e dos cuidados sociais, que lhe permite ser responsável pela gestão do maior Centro de Contacto da Saúde em Portugal – SNS24.

Evidenciou o potencial das tecnologias disponibilizadas pela PT Empresas, como a SmartAL que permite, entre outras capacidades, a da integração de uma ampla diversidade de dispositivos numa única plataforma que se pode ainda conectar a um Centro de Contacto especializado. Este Centro de Contacto vai permitir aos prestadores de cuidados de saúde centralizar a comunicação com cada um dos seus pacientes e despoletar um ação imediata, junto dos pacientes, em resposta aos sinais que são monitorizados, permitindo desta forma, uma atuação clínica mais rápida e eficaz. Neste sentido, referiu João Carvalho, é importante que os serviços disponham, no seu Centro de Atendimento, de uma pool de profissionais de saúde credenciados e especializados.

Foi apresentada a solução de telemonitorização remota SmartAL da PT Empresas que permite aos profissionais de saúde acederem à medição diária de sinais vitais que é realizada no domicílio dos utentes, e que permite acompanhar ‘à distância’ a realização de atividades diárias, assim como identificar sinais de alerta, em tempo real, possibilitando um acompanhamento mais próximo e mais eficaz dos utentes.

Entre os inúmeros benefícios proporcionados pela utilização da plataforma SmartAL, destacam-se: maior eficácia no acompanhamento e monitorização dos utentes; redução nas deslocações dos utentes às unidades de saúde; maior capacidade das equipas de saúde para atuar de forma proactiva e preventiva, maior eficiência na gestão dos custos com saúde. No stand da PT Empresas, os participantes puderam conhecer a solução SmartAL, que deu suporte ao desenvolvimento de um projeto inovador de prestação de cuidados de saúde, desenvolvido pela Santa Casa da Misericórdia da Amadora. Este projeto teve por objetivo assegurar um acompanhamento social e de saúde, de maior proximidade, à população idosa do Concelho, realizado no domicílio dos utentes, com base na plataforma virtual SmartAL.